Coworking ganha espaço no Brasil

Dividir o espaço de trabalho é uma tendência que chegou para ficar

O coworking é uma nova forma de pensar o ambiente de trabalho. Além de ser um espaço colaborativo, capaz de ampliar a rede de contatos, essa união de diferentes profissionais elimina as despesas com contas de energia elétrica, água e internet. Por isso, ao invés de gastar com o aluguel de um escritório próprio e demais contas, milhares de profissionais em todo o Brasil optam por dividir o mesmo espaço de trabalho, ingressando em um coworking.

Pesquisa recente da organização Coworking Brasil aponta que em março deste ano já havia 810 espaços de coworking no Brasil. O estado de São Paulo concentra a maior parte deles: 41,4%. Segundo o mesmo estudo, os coworkings geram atualmente cerca de 3.500 empregos diretos e indiretos.

Sustentabilidade
Para que esse ambiente de colaboração seja ainda melhor, o Eko Bussiness Park optou por oferecer aos seus parceiros uma estrutura altamente sustentável: salas de coworking montadas em containers.

Depois de rodarem boa parte do mundo a bordo de navios ou trens, as caixas de metal – os containers – se transformam em escritórios confortáveis com ar-condicionado, mesas, telefones e internet.

Além de oferecer espaço de coworking para empresas e profissionais, o Eko Bussiness Park também contém uma estrutura para lojas montarem seus showrooms. O conceito conquistou o representante da Pec Pisos, Felipe Gomes. “Acredito muito na questão do cooperativismo entre as lojas. Integrar lojas de setores distintos só traz ganhos. Hoje o mercado tem que funcionar assim: se aliar a bons parceiros e a bons vizinhos”, afirma.