Showroom: proximidade com o produto e comodidade aos clientes

Eko Bussiness Park dedica contêineres exclusivos para showrooms

Depois de conquistar empreendedores, comerciantes encontram no coworking uma nova forma de vender seus produtos e atrair novos clientes. Para isso, suas lojas são montadas em um formato que privilegia a exposição dos produtos: o showroom.

Nesse tipo de loja não há estoque. Com muita organização e criatividade, os produtos ficam à disposição dos clientes, da forma como devem ser instalados. Como não precisam fazer reposição de mercadorias, os vendedores ficam disponíveis para tirar todas as dúvidas, conversar com os consumidores e indicar o produto ideal para cada necessidade.

Para Felipe Gomes, representante da Pec Pisos, por meio do showroom é possível oferecer aos clientes uma experiência completa com o produto, o que não ocorre, por exemplo, em um e-commerce. “Nossos produtos são muito vistos pela internet, mas, no mundo digital, as informações se limitam às fotos e aos textos. O showroom é um espaço que facilita o cliente ter contato com o produto, ver cada detalhe e conhecer in loco outras opções”, diz.

Segundo Naira Araújo, sócia da Lumebox, o showroom auxilia muito as vendas. “O showroom é bem diferente da loja convencional, pois aqui os clientes podem ter a experiência de ver as peças com mais calma e entender como a mercadoria fica instalada no ambiente”, diz. Para Naira, por ser mais reservado do que uma loja, o showroom oferece outras facilidades. “Como o vendedor fica mais disponível, o showroom é capaz de oferecer mais comodidade aos clientes, principalmente aos arquitetos que nos procuram”, finaliz